1-Nuroarquitetura-capa

Você sabe o que é Neuroarquitetura?

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

O conceito está em alta e se baseia em analisar os espaços a partir da perspectiva biológica, percebendo quais são as sensações que um ambiente físico pode provocar no ser humano. Dependendo do quão escuro, desorganizado ou barulhento é, nosso corpo pode reagir de maneiras diferentes — seja produzindo substâncias cerebrais ou alterando o ritmo cardíaco.

Apesar de não haver um manual de regras específicas (já que cada pessoa sente os estímulos de maneira muito particular), é possível aplicar conceitos da Neuroarquitetura para garantir ambientes mais saudáveis e reconfortantes, como por exemplo:

  1. Trazendo a natureza para os interiores: a presença de plantas pode melhorar a qualidade do ar e oferecer maior bem-estar, como na Stepping Park House, por VTN Architects;
  2. Mantendo a organização: ter cada coisa em seu devido lugar pode ser uma das mais tranquilizantes sensações, como no apartamento NK, por Nildo José Arquitetura;
  3. Proporcionando múltiplas cores e texturas: um ambiente lúdico e estimulante é diferencial para crianças em fase de desenvolvimento, como na Biblioteca da Escola Umbrella, pela arquiteta Savana Lazaretti;
  4. Controlando a iluminação: luzes branca ou natural em espaços de trabalho podem ser aliadas da concentração, como no Apartamento CAP, por AAVP Architecture.
Você também pode gostar de ler