Pinheiros

Pinheiros: o bairro da vez dos paulistanos

Infraestrutura de ponta, comércio variado e diversas opções de entretenimento asseguram ao bairro uma crescente valorização

Se há bairros que catalisam o melhor da cidade, Pinheiros é sem dúvida um dos maiores representantes do que São Paulo tem a oferecer. Vibrante e boêmia, a região se tornou queridinha entre os paulistanos com seus inúmeros espaços de convívio e lazer, guardando lugares interessantes a cada esquina.

Por ali se encontra de tudo um pouco: áreas verdes, museus e galerias de arte, inúmeras cafeterias, lojas descoladas e muitas opções de restaurantes – quase todos abertos para a rua, com suas calçadas convidativas e seguras. Além de todas essas qualidades, a região ainda está no encontro de excelentes bairros, como o Jardim Paulistano e o Jardins.

Esbanjando qualidade de vida, Pinheiros é para ser descoberto a pé. Um passeio pela Rua dos Pinheiros reúne opções gastronômicas como o francês Le Jazz e os premiados Evvai e Jun Sakamoto, além de portinhas simpáticas onde funcionam os balcões da cafeteria The Coffee e o da hamburgueria Patties, ambas com menus apenas para viagem.

Dali é ainda possível seguir caminho para o Mercado Municipal de Pinheiros, perfeito para um momento de happy hour, e terminar o roteiro em um dos bares da Rua Guaicuí, fácil de identificar com as inúmeras luzinhas penduradas entre as árvores.

É claro que há muito mais para aproveitar pelo bairro, já que suas quadras sempre contam com algum comércio de rua. Quando o assunto é design, é imperdível a visita à Desmobilia, com seu catálogo de móveis vintage, e a Apartamento 61, misto de galeria e loja que reúne grandes nomes do mobiliário brasileiro do século XX.

Para quem gosta de voltar o relógio ainda mais, é sempre possível encontrar algum achado inusitado na feira de antiguidade da Praça Benedito Calixto, realizada sempre aos sábados.

Se a procura é por atrações culturais, a longa lista de escolhas inclui o Instituto Tomie Ohtake, com exposições de arte que às vezes criam fila na porta de entrada, e o nem tão conhecido museu A CASA, situado bem ao lado, mas que surpreende com seu acervo dedicado ao objeto brasileiro.

A efervescência do bairro só torna ainda mais nobre a sua atmosfera residencial, que conta com casas e edifícios em meio às ruas arborizadas. Quem mora em Pinheiros se beneficia ainda da completa infraestrutura do bairro, com estações de metrô da linha amarela – Faria Lima e Fradique Coutinho – e a rede de peso formada por ciclovias que levam às regiões vizinhas da Faria Lima, Jardins e Vila Madalena.

Confira os imóveis disponíveis para a venda ou locação do bairro Pinheiros em SP