Os projetos mais famosos do arquiteto Ruy Ohtake

Os projetos mais famosos do arquiteto Ruy Ohtake

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin

Os projetos do arquiteto Ruy Ohtake fazem parte da história da arquitetura e do design brasileiro, somando mais de 300 empreendimentos em sua trajetória.

Considerado como um dos grandes nomes da arquitetura no país, Ruy Ohtake desenvolveu projetos para edifícios comerciais, hotéis e imóveis de luxo – muitos deles comercializados pela Coelho da Fonseca.

Filho primogênito da artista plástica Tomie Ohtake, Ruy Ohtake também atuou como professor do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie e da Universidade Católica de Santos, onde recebeu em 2007 o título de professor emérito.

Além dos seus célebres projetos, a carreira do arquiteto Ruy Ohtake também é composta por diversas peças de design, atividades como palestras, exposições, workshops, premiações, concursos, conferências e projetos, tanto em terras brasileiras quanto em eventos internacionais.

 

Arquiteto Ruy Ohtake: arquitetura e urbanismo

O arquiteto Ruy Ohtake inicialmente formou-se em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo – USP, em 1960. Até 1980 seus projetos seguiam o padrão da arquitetura paulista no momento, com estilo brutalista e vocabulário bem definido.

A partir da década de 1980, Ruy Ohtake começa a mudar suas criações, distanciando-se dos arquitetos da época, incorporando cores e formas diferenciadas em seus trabalhos. 

Ohtake dizia: “A população gosta muito dos meus trabalhos, mas os arquitetos, não. No começo eu ficava preocupado porque a inteligência da arquitetura levantava polêmica. Há um establishment aqui, e eu dei um passo à frente. Todo rompimento no que está instalado gera polêmica com quem está na vanguarda, mas a arte e a arquitetura avançam em saltos.”

Esta mudança de postura tornou o arquiteto Ruy Ohtake um dos mais disruptivos e inovadores do Brasil, criando verdadeiras obras de arte arquitetônicas, como o Instituto Tomie Ohtake e o Hotel Unique, que transformaram a cidade.

 

Hotel Unique Ruy Ohtake
Hotel Unique Ruy Ohtake

 

Uma das frases mais icônicas de Ohtake é: “Estou interessado em criar formas que surpreendam as pessoas, que sejam ousadas”. Esta vontade foi muito presente durante sua trajetória profissional, e se destaca em centenas de seus projetos.

Localizados em diversos estados como São Paulo, Brasília, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro, as obras arquitetônicas de Ohtake são repletas de cores vivas e formas surpreendentes.

Seguindo o lema de que “Cor é vida!” Ruy Ohtake projetou diversos edifícios que utilizavam-se de cores primárias, vibrantes e alegres, provocando emoções a todos, incluindo os adeptos da monocromia.

Além do Brasil, Ohtake também possui projetos internacionais, sendo eles a Embaixada Brasileira em Tóquio, no Japão, e os jardins do museu aberto da Organização dos Estados Americanos, nos Estados Unidos.

 

Embaixada do Brasil em Tóquio

 

Ruy Ohtake – Academia Paulista de Letras

O arquiteto Ruy Ohtake ganhou diversos prêmios, menções honrosas e agradecimentos em sua surpreendente trajetória.

Em 2019 Ohtake alcançou uma de suas principais consagrações: a partir do dia 11 de novembro, o arquiteto Ruy Ohtake passou a ocupar a cadeira de número 39 na Academia Paulista de Letras, tendo sido escolhido quase por unanimidade dos votantes: 35 entre os 37 votos.

Além da cadeira na APL, o arquiteto Ruy Ohtake também recebeu diversos outros reconhecimentos pelo seu trabalho, como o tombamento pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo CONPRESP das residências: 

 

  • Casa Rosa Okubo;
  • Casa Chiyo Hama;
  • Casa/Ateliê Tomie Ohtake; 
  • Casa Nadir Zacarias; 
  • Casa José Roberto Filippelli;
  • Casa Paulo Bittencourt Filho.

 

Obras arquitetônicas do arquiteto Ruy Ohtake

De todos os edifícios de sua trajetória, os projetos mais famosos do arquiteto Ruy Ohtake se destacam por seus designs inovadores e característicos. Entre os mais célebres estão:

 

  • Hotel Unique;
  • Hotel Renaissance;
  • Brasília Alvorada Hotel – escultura;
  • Embaixada do Brasil em Tóquio e a residência do embaixador;
  • Parque Ecológico do Tietê;
  • Centro de Formação de Professores EducaMais Jacareí;
  • O prédio comercial do Edifício Santa Catarina;
  • Praça das Artes Barueri Antônio Augusto de Moraes Liberato.

 

Os hotéis Unique e Renaissance são verdadeiros ícones de beleza na capital paulistana, e estão abertos ao público, além de oferecerem reservas e diversos outros serviços, possibilitando aos amantes da arquitetura a chance de se hospedarem em duas das obras mais famosas de Ohtake.

Os demais projetos da lista são abertos ao público, e podem ser visitados dependendo de seus devidos regulamentos. 

Além de prédios abertos ao público, o arquiteto Ruy Ohtake também foi responsável por projetar residências particulares, espaços esportivos, o sistema de transporte urbano Expresso Tiradentes, várias esculturas e até mesmo diversos móveis apresentados em exposições em diversos países.

 

Projetos famosos por Ruy Ohtake

Dentre os mais de 300 projetos assinados por Ruy Ohtake espalhados pelo mundo, um dos seus mais destacados possui uma alcunha inusitada: os “Redondinhos”, um conjunto habitacional projetado por Ohtake e que fica localizado em Heliópolis (SP).

O projeto dos “redondinhos” surgiu devido a uma fala fora de contexto de Ohtake, onde o arquiteto disse que “O que acho mais feio em São Paulo é Heliópolis”, entretanto, sua crítica na realidade era sobre a desigualdade estética e social da cidade.

Na semana seguinte o líder comunitário do bairro ligou para Ohtake e pediu ajuda para deixar Heliópolis mais bonita, surgindo assim uma parceria entre o arquiteto e a comunidade.

 

Redondinhos de Ruy Ohtake, foto por Edson Lopes Jr.

 

A colaboração resultou em 19 prédios com 4 andares cada, totalizando 342 unidades. Os edifícios possuem um formato redondo, garantindo luz para todos os apartamentos de uma forma inovadora, além de seguirem outras alterações solicitadas pelos moradores, como menos corredores e um espaço para as crianças brincarem.

Além desse projeto, o anteriormente citado Instituto Tomie Ohtake é uma homenagem à mãe de Ruy, que além de ajudar na criação da organização, também foi responsável por projetar sua sede.

 

Instituto Tomie Ohtake
Instituto Tomie Ohtake

 

O prédio do Instituto Tomie Ohtake conta com 30 pavimentos e destaca-se por ser um dos raros espaços da cidade especialmente projetado, arquitetônica e conceitualmente, para realizar mostras nacionais e internacionais de artes plásticas, arquitetura e design.

Com uma trajetória incrível, o arquiteto Ruy Ohtake ultrapassou os limites arquitetônicos e criou diversos projetos muito à frente do seu tempo, sendo uma das figuras mais icônicas da arquitetura mundial.

Você também pode gostar de ler